terça-feira, 20 de março de 2012

Governo autoriza reajuste de até 5,85% nos remédios a partir do dia 31

A Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED), órgão do governo formado por representantes de vários ministérios, autorizou nesta segunda-feira (19) o reajuste de até 5,85% nos preços dos medicamentos em todo o país.

O reajuste poderá ser efetuado a partir de 31 de março e terá como referência o preço do fabricante praticado em 31 de março de 2011. A autorização foi publicada no “Diário Oficial da União”.

A autorização para reajuste leva em consideração três faixas de medicamento, com mais ou menos participações de genéricos. O reajuste segue a lógica de que nas categorias com mais genéricos a concorrência é maior e, portanto, o reajuste autorizado pode ser maior.

De acordo com resolução publicada nesta segunda, a categoria de remédios com maior participação de genéricos, na qual esses medicamentos representam 20% ou mais do faturamento, tem teto autorizado para reajuste maior: até 5,85%. A categoria intermediária – faturamento entre 15% e 20% – tem reajuste autorizado de até 2,8%.

Fonte: G1/Brasília

Um comentário:

  1. O governo libera o aumento, mas resta ao consumidor correr atrás e pesquisar para não se sentir lesado. Dá para usar comparadores de preço, como o http://www.maispreco.com que ajuda na pesquisa de preços de medicamentos.

    ResponderExcluir